4 de outubro de 2006

Dance

Conversa com o meu filhote quando ele saiu da sua primeira aula de dança
- Então, filhote?! Gostaste!
- Gostei muito. Amanhã quero vir outra vez!
- Não, filho. As aulas são só à segunda-feira.
- Mas a escola é todos os dias!! (isto acompanhado de um ar de desconsolo) Ó mãe, tu não ficaste lá a ver.
- Pois não. A professora achou que tu podias fugir para o meu colo ou ficar com miminho porque ela não te conhece e não sabe como tu te portas bem.
- Não, mãe. As mães não entram porque senão nós não nos concentramos. (Toma lá mãe que pensas k eu não sei falar.eheheh. Claro que me ri consoladamente. )

Depois no carro, à ida para casa:
- Ó mãe, acho que hoje nem vou conseguir dormir.
- Então porquê, filhote?
- Ainda estou a sentir a música! (note-se o verbo sentir!!lol)
- Sentir a música?? Como é isso?
- Eh não sabes sentir a música?!
Gargalhada


Depois lá fez umas demonstrações à Michael Jackson de tudo o que se lembrava da aula. Parece que vamos ter dançarino.

Bem, mas depois do meu post sobre o carpe diem, claro que também eu estou a frequentar as aulas de danças latinas. É que não foi só blá, blá. Eu disse que queria dançar mais ... então é isso mesmo. Lá estou às sextas-feiras à noite na Academia Expressão (publicidade) a libertar o stress acumulado durante a semana.




3 comentários:

Anónimo disse...

Amiga

Áproveita bem as aulas de dança, pois vais ter que dar umas aulinhas as tuas amigas, para na proxima saida, fazer-mos FUROR............

bjs, Lu

Lai disse...

Aproveita bem...e diverte-te...

Lai

Raquel disse...

Estas conversas entre mãe e filho são um mimo! O que nós aprendemos e rimos com a sua genuína sabedoria!
Boas danças!