30 de maio de 2006

Para a amiga palmeloa


Há amizades que valem por tudo o que são
Pela presença e pela saudade
Pelo dom, pela partilha, pela beleza
Pelo bem, pelo conforto...
Há amizades que o são
Porque sim! ou porque não?
Há amizades que são Schubert,
Mozart, Beethoven.
Que são Dali, Picasso, Velasquez.
São Pessoa, Camões, Andrade.
São Ghandi!
São as muralhas da China e o Niagara.
Que embelezam, preenchem, espantam.
E que encantam.
Há amizades que perduram, que enraizam,
Crescem e engrandecem com pequenos gestos.
Há amizades que nos tocam, nos suavizam,
Nos dão tranquilidade.
Gratuitamente, constantemente, de longe ou de perto,
As amizades ajudam, protegem, favorecem
Preenchem-nos a alma, iluminam, guiam, acolhem.
Há AMIZADES que valem tudo porque nos fazem tão bem!

A tua amizade vale tudo isto e tudo o que as palavras não dizem.
Mas estas palavras, hoje, são para ti - Cristina Barrocas! É a minha humilde prenda de anos,
deixada aki com muito carinho, e já é o fruto de muuuuuuuuuuitas saudades.
Parabéns, Amiga! Espero k a vida te continue a sorrir e que tu possas iluminar com o teu sorriso os que te rodeiam. Não deixes nunca de ser assim! (Eu sei k não!)

1 comentário:

Cristina disse...

Sem palavras...
Estou sem palavras para descrever o que li. Resta-me a gratidão por tudo o que és e pela tua luz que veio iluminar o meu dia. Que bom aquele ano de 1994 em que nos conhecemos, em que pela primeira vez percebi nos teus olhos o carácter de uma grande Mulher! Já lá vão 12 anos!!!!
Obrigada pelo presente maravilhoso!