23 de agosto de 2006

the lake house



Achei o enredo demasiado estranho. Valeu pela Sandra Bullock que é sempre magnífica e pelo Keanu Reeves (encantador!). A mensagem do filme é que vale a pena esperar por um grande amor. Claro que a podiam fazer com um enredo "normal" mas assim não se pode dizer que é parecido com outro, porque não é - é muito original. Original até demais. Bem, pelo menos, eles lá acabam por estar nos braços um do outro e tudo está bem quando acaba bem. Além disso, já sabia que era um Drama/Fantasia portanto... lá fantasia é o que não falta.

6 comentários:

.: Pedro's Blog! :. disse...

Até prova em contrário, não acredito que haja amor como nos filmes, é tudo sempre muito bonito, mas a realidade é bem diferente, mas tenho sempre a esperança de que possa estar enganado, e é isso que me faz viver o dia a dia. uma coisa é certa, ninguém consegue viver sem amor.

Marco Ferreira disse...

Não posso fazer comentários sobre filmes porque já não vou ao cinema à pelo menos 17 meses. Com muita pena minha porque têm aparecido uns filmes que vale mesmo a pena ver. Paciência.

marinheiroaguadoce a navegar

Palavras em Mim disse...

um filme que deixa qualquer pessoa encantada. . .gostei muito, como dizes, bastante original!
Apaixonei-me! :)

.: Pedro's Blog! :. disse...

Obrigado Jacinta!, eu depois de ver que alguém andou a perder o tempo para constatar que as vacas podem ter pronúncia (não sei se viste, deu nos telejornais e tudo), senti-me melhor, isto é tão ridiculo que é daquelas coisas que me deixam à beira de um ataque de riso.

Lisa disse...

É verdade, aqueles actores fazem qq filme lindo! apesar de estar à espera de mais qd vi o elenco, a mensagem do filme faz pensar e adorei o filme.

Cristina disse...

Olá amiga do coração!
Tenho ouvido falar muito deste filme e tenho tanta vontade de o ver. Já vi o trailer aí umas 7 vezes! Mas não dá - a não ser que agora os bebés possam assistir a filmes pra maiores de 12!
Fico-me pelos comentários que vou lendo aqui e ali e - diga-se de passagem - que o teu é o mais interessante.
Beijocas cheiiiinhas de saudades!
Falamos quando regressar das minhas fériazitas...